Pular Links de Navegação.

Taxas Aparente, Real, de Inflação e Acumulada

Para calcular as taxas aparente, real e de inflação usa-se a fórmula:

(1 + taxa aparente) = (1 + taxa real) * (1 + taxa de inflação)

Ou seja, a fórmula para calcular a taxa real é:

Taxa real = ((1 + taxa aparente) / (1 + taxa de inflação)) -1

E a fórmula para calcular a taxa de inflação é:

Taxa de inflação = ((1 + taxa aparente) / (1 + taxa real)) - 1

Para calcular a taxa acumulada é só inserir as taxas na tabela de Rentabilidade e clicar em calcular. A fórmula é:

Taxa acumulada = (1 + taxa1) * (1 + taxa2) ... * (1 + taxan)

Exemplo

Um indivíduo aplicou R$8.200,00, por 4 meses, em um determinado fundo de renda fixa, cuja rentabilidade nos respectivos meses foi de: 0,7732%, 06500%, 0,7250% e 0,8000%. Houve incidência de tributação ao final da operação: IR com alíquota de 22,5% sobre o ganho bruto. Qual a taxa de rentabilidade acumulada no período?

Para isso, preencha a tabela de rentabilidade com as respectivas porcentagens.

Tabela de rentabilidade

Depois selecione TaxaTaxa acumulada e clique em Calcular, e veja o resultado na figura abaixo.

Imagem Resultado Taxa Acumulada

Qual seria a taxa real referente ao período se a taxa de inflação para os 4 meses foi, respectivamente, de: 0,1146%, 0,2400%, 0,1880%, 0,0962%?

Primeiro, copie o valor da Taxa acumulada para o campo Taxa aparente. Depois substitua os valores da tabela de rentabilidade e calcule a taxa acumulada. Copie o valor que aparecer para o campo Taxa de inflação. Selecione Taxa real e clique em Calcular.

Imagem Resultado Taxa Real